Erva-mate

A ERVA-MATE é conhecida e usada desde os primórdios da civilização na América. Os índios a mastigavam, como alimento. E também como bebida, usando folhas secadas ao fogo e depois acrescentando água.

Quando aqui chegaram (séc. XVII), os Jesuítas perceberam que o "vício" difundido nas tribos, nada mais era do que uma complementação alimentar das mais salutares. Juntando ao valor nutritivo e comercial, aderiram e promoveram seu uso e cultivo.

As propriedades terapêuticas são inúmeras e, dentre as mais conhecidas, citam-se: 
* Estimulante de todos os músculos (aumento da resistência física, elimina a depressão, etc); 
* Digestiva e diurética; 
* Vitamínica (A, B1, B2, C), aumento da resistência à gripes e resfriados.